Candidatar

Convocatória

Data de início: 3-maio-2016 (00:00 CET)

Data de fim: 30-junho-2016 (23:59 CET)

Guia do candidato

Este documento contém informações detalhadas sobre o procedimento de candidatura. Aconselhamos que o leia cuidadosamente antes de começar a preencher o formulário de candidatura.

 

Formulário de candidatura

Candidatura - Versão Word (.doc)

Formulário de Candidatura

Esse formulário foi criado para ser um método fácil e simples de preparar a candidatura, permitindo que você inclua gradualmente os detalhes e as informações necessárias.

Você deverá iniciar o Formulário de Candidatura definindo o NOME DE USUÁRIO e a SENHA. Desde o início, você deverá escolher o tipo de bolsa de estudos para o qual deseja receber o apoio do Programa.

O Formulário de Candidatura poderá ser preenchido em inglês e, excepcionalmente, em português.

Antes de começar a preencher o Formulário de Candidatura, você deverá verificar se possui todos os certificados e habilidades linguísticas necessárias para participar do(s) programa(s) desejado(s). Também é recomendável ler as Diretrizes para os candidatos e as Perguntas Frequentes antes de começar.

Se um candidato enviar mais de uma candidatura, o sistema automaticamente considerará a mais recente.

 

Quem pode se candidatar?

Para serem considerados elegíveis para se candidatar a uma bolsa de estudos do IBRASIL, os participantes deverão atender a um conjunto de requisitos mínimos.

 

Critérios gerais para todos os tipos de mobilidade:

Estudantes europeus:

  • Devem ser cidadãos de um dos países europeus elegíveis;
  • Devem ter conhecimentos suficientes do idioma dos cursos ou de um dos idiomas falados nos países anfitriões;
  • Os estudantes de graduação deverão ter concluído com êxito pelo menos um ano de estudos em nível universitário/de Ensino Superior;

 

Estudantes do Brasil:

  • Devem ter nacionalidade brasileira;
  • Não devem ter residido ou realizado sua atividade principal (estudos, trabalho etc.), por mais do que um total de 12 meses nos últimos cinco anos, em algum dos países europeus elegíveis no momento do envio da candidatura para a parceria;
  • Não devem ter recebido a bolsa de estudos do Erasmus Mundus no passado para o mesmo tipo de mobilidade;
  • Os estudantes de graduação deverão ter concluído com êxito pelo menos um ano de estudos em nível universitário/de Ensino Superior;
  • Devem ter conhecimentos suficientes do idioma dos cursos ou de um dos idiomas falados nos países anfitriões;
  • Devem respeitar os critérios específicos e adicionais aplicáveis a cada tipo de mobilidade (graduação, doutorado, pós-doutorado, equipe administrativa e acadêmica).

 

Critérios específicos para cada tipo de mobilidade:

  • Estudantes de graduação
    Os estudantes de graduação deverão ter concluído com êxito pelo menos um ano de estudos na instituição do país de origem.
     
  • Estudantes de doutorado
    Os estudantes de doutorado que se candidatam a uma bolsa de estudos de mobilidade deverão estar matriculados em um curso de doutorado em uma instituição brasileira/ europeai 
  • Estudantes de pós-doutorado
    Candidatos de pós-doutorado devem ter obtido o seu doutoramento nos últimos dois anos e devem ter o apoio de uma instituição brasileira para realizar mobilidade de pós-doutorado
     
  • Equipe acadêmica e administrativa
    Os candidatos da equipe deverão trabalhar em tempo intergral em uma das universidades parceiras.

É importante mencionar que, além desses critérios, poderão haver outros definidos internamente por cada instituição parceira do Projeto. Portanto, os candidatos deverão garantir que entraram em contato com a pessoa de contato da instituição para saber sobre os critérios de elegibilidade específicos estabelecidos pela instituição de origem (se aplicável) ou pela(s) instituição(ões) de destino para a(s) qual(is) desejam se candidatar.

 

Definição de Grupo de Destino:

Dependendo de suas características, todos os candidatos se enquadram em um dos três Grupos de Destino estabelecidos pela Comissão Europeia para o Programa Erasmus Mundus – Ação 2. Cada um dos Grupos de Destino possui diferentes tipos de bolsa de estudo de mobilidade disponíveis.

Grupo de Destino 1:
  • Estudantes europeus: os estudantes deverão estar matriculados em uma das universidades/Instituições de Ensino Superior de países europeus da parceria no momento do envio da candidatura para a parceria. Os estudantes de graduação deverão ter concluído com êxito pelo menos um ano de estudos na instituição do país de origem.
  • Estudantes brasileiros: os estudantes deverão estar matriculados em uma das universidades/Instituições de Ensino Superior brasileiras da parceria no momento do envio da candidatura para a parceria. Os estudantes de graduação deverão ter concluído com êxito pelo menos um ano de estudos na instituição do país de origem.

Grupo de Destino 2:

  • Estudantes europeus: os estudantes deverão estar matriculados em uma universidade/Instituição de Ensino Superior (não incluída na parceria) de algum país europeu ou terem obtido um diploma universitário ou equivalente de uma Instituição de Ensino Superior de algum país europeu.
  • Estudantes brasileiros: os estudantes deverão estar matriculados em uma universidade/Instituição de Ensino Superior (não incluída na parceria) do Brasil ou terem obtido um diploma universitário ou equivalente de uma Instituição de Ensino Superior brasileira.

Grupo de Destino 3:

  • Candidatos que possuem nacionalidade brasileira e estão em uma situação particularmente vulnerável por motivos sociais e políticos. Este grupo inclui, por exemplo:
    1. Pessoas na situação de refugiado ou beneficiárias de asilo (internacional ou de acordo com a legislação nacional de um dos países europeus de destino); ou
    2. Pessoas que comprovadamente foram expulsas de forma não justificada da universidade por motivos raciais, étnicos, religiosos, políticos, relacionados ao gênero sexual ou à orientação sexual; ou
    3. Pessoas que pertencem a uma população indígena abrangida por uma política nacional específica ou deslocados internos. 
  • Você pode ser elegível ao Grupo Target 3, caso se encontre em condição de vulnerabilidade econômica, posteriormente a uma comunicação da Comissão Europeia de 22 Outubro de 2014. Nesse caso, é necessário anexar um dos documentos abaixo:


    a) uma prova oficial de que você ingressou na universidade através da lei de cotas (cursou todo o ciclo do segundo grau em escola pública); ou


    b) um certificado de que recebe auxílio do Programa Bolsa Família;